quinta-feira, 16 de abril de 2015

O Futuro da Alemanha - Um 4º Reich? - Parte 06





O poder das idéias

     Que motivo levou a Alemanha a mudar drasticamente seu caráter nacional? O que levou a tantos alemães a aceitar o conceito de "raça superior" e as políticas destruidoras do terceiro Reich de Hitler? A resposta se encontra, em parte, na história cultural da Alemanha. Já se disse que o caráter de indivíduos e nações  determina seu destino. O caráter de uma nação se forma segundo as idéias religiosas e filosóficas de sua gente. As ideias e ideologias influenciam a cultura e políticos na Alemanha "talvez mais que em qualquer outra nação da Europa".
     Na mitologia alemã os deuses principais, Thor e Odin ou Wotan, exibem características particulares. Thor é o deus pacifico das estações, mas de outro modo é também considerado o deus da guerra. Ele reúne por sua vez duas personalidades distintas, os "elementos contrastantes da proteção amistosa e de uma irracionalidade obscura e perigosa". Odin é o deus da morte, tormentas e campos de batalha mas também o deus da sabedoria da feitiçaria, exibindo aquela mesma irracionalidade "incalculável e insondável".
Destrói os heróis e protege aos covardes; semeia discórda entre amigos... muda seus afetos e predileções, abandonando a seus amigos quando bem necessitam dele".  No decurso dos séculos, a Alemanha manisfestou a mesma inclinação a mudanças dramáticas e irracionais em seu caráter nacional. Também é digno de nota que mitologia alemã não oferece nenhum propósito ou sentido para a vida. Isto nos deixa indagando qual seja a causa.
     Analisando a orientações filosóficas dos antigos alemães, encontramos ânsia de aventura e amor pela guerra (que) frequentemente os fazia inconscientes das proibições e as considerações compassivas. Torturavam os criminosos... e inescrupulosamente a tratados celebrados com juramento solene" (ibidem).  
     O sentido alemão de honra exaltava a vingança. Na tradição alemã a lealdade, a honra e o heroísmo eram mais importantes que a humildade, a compaixão e a caridade; acentuadas pelo cristianimo. O conflito fundamental entre as influências culturais tradicionais e os princípios judaico-cristão explicam porque as forças teuto-prussianas seguiram rumos diversos dos que tomaram outras nações ocidentais.


Continua no próximo post...









Nenhum comentário:

Postar um comentário