domingo, 22 de março de 2015

O Futuro da Alemanha - Um 4º Reich? - Parte 04

     







                                   
  


     Diversos autores mencionaram este fenômeno preocupante das "mudanças alemãs". Quando Barzini visitou Berlim em princípios dos anos 1930, como correspondente de guerra, viu uma cidade que era a "capital artística da Europa repleta de exibições de arte de vanguarda e todo tipo de experimentos". Vários anos depois, quando os nazis haviam tomado o poder, encontrou-se com uma cidade bem diferente, cheia de homens vestidos de uniformes imaculados, homens de negócio, mulheres e famílias chic. Barzini então comenta:" Vi um pais estranhamente maleável que recebeu uma nova forma nas mãos dos nazis".      E prosseguindo ele:" O que mais impressionava era os jovens rostos, saudáveis, dos soldados, os olhos deslumbrantes e de fanática fé a marchar entoando hinos marciais, entre os quais um intitulado: "Hoje temos a Alemanha, amanhã o mundo".
     Esta tendência a transformação militarista é o aspecto mais inquietante do povo alemão. Os soldados alemães saíram marchando da Alemanha  através da Europa como "uma máquina de guerra inexorável, incomparável" várias vezes na história. A Segunda Guerra Mundial, "a mais alemã de todas as guerras" custou 50 milhões de vidas. Iniciou em 1939 quando Hitler rompeu seus acordos com países vizinhos. Os tanques Panzer encabeçaram a blitzkrieg (guerra relâmpago) alemã. Os novos submarinos alemães a espreita sob as águas do mar e uma tática de manadas de lobos, e os novos foguetes V2 derramavam morte e destruição sobre a Inglaterra. Milhões de judeus, checos e poloneses foram deportados para a Alemanha, onde eram obrigados a trabalhar como escravos nas fábricas e a morrer vítimas de genocídio.
     A máquina de guerra alemã da Segunda Guerra Mundial não tem comparação na civilização ocidental moderna pela  eficiência, capacidade destruidora e brutalidade. Numa perspectiva histórica, "o terceiro Reich se converteu na personificação da barbárie humana" (Los neonazis y la reunificación alemana); ele lança uma pergunta instigante: Porque a Alemanha se deteriorou deste modo, chegando a cair na tirania? De onde vieram estas tendências? Poderiam outra vez ocorrer?


Continua no próximo post...










Nenhum comentário:

Postar um comentário