terça-feira, 18 de dezembro de 2012

A Nova Jerusalém: a Cidade de Deus, de Cristo - Parte 08


Quem entrará e quem ficará fora (Ap 22,8.15).



“Quanto    aos covardes, porém, e aos infiéis, aos corruptos, aos assassinos, aos impudicos, aos magos, aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua porção se encontra no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte” (Ap 22,8); “Ficarão de fora, os cães, os mágicos, os impudicos, os homicidas, os idólatras e todos os que amam ou praticam a mentira” (Ap 22,15).
    Paulo tem exortações semelhantes quanto à responsabilidade diante da salvação, e classifica os que se condenarão: “Por isso Deus os entregou a paixões aviltantes: suas mulheres mudaram as relações naturais por relações contra a natureza; igualmente os homens, deixando a relação natural com a mulher, arderam em desejo uns para com os outros, praticando torpezas homens com homens e recebendo em si mesmos a paga da sua aberração. E como não julgaram bom ter o conhecimento de Deus, Deus os entregou à sua mente incapaz de julgar, para fazerem o que não convém: repletos de toda a sorte de injustiça, perversidade, avidez e malícia, cheios de inveja, assassínios, rixas, fraudes e malvadezas; detratores, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, arrogantes, fanfarrões, engenhosos no mal, rebeldes para com o pais, insensatos, desleais, sem coração, nem piedade”(Rm 1,24-31).
Os livros sibilinos apresentam uma lista com algumas mudanças dos condenado 
(ver Tabela I):



As principais listas de excluídos do Reino no Novo Testamento (ver Tabela II):





(Continua no próximo post)

Nenhum comentário:

Postar um comentário