quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

A Nova Jerusalém: a Cidade de Deus, de Cristo - Parte 07


A Cidade de Cristo no Ap 23-50.




O Ap 23 usa o mesmo arquétipo do autor do Apocalipse. Paulo é conduzido por um anjo para visitar a cidade de Cristo. Semelhante aos relatos mitológicos da segunda vida na religiosidade egípcia, a nova cidade está depois do grande rio, ou do outro lado do lago Aqueronte.
   
 Um fato peculiar e próprio dentro do quadro do Apocalipse é que os habitantes da cidade de Cristo se alegraram ao verem Paulo chegando. O texto não explicita porque esses habitantes se alegraram. Mais adiante, quando o vidente encontra os profetas junto ao rio de mel, também é recebido com carinho e ele pergunta ao anjo que o conduz a razão de tanta deferência, e o anjo responde que é para todos os que renunciaram a vontade própria para fazer a vontade de Deus que são bem recebidos (Ap 25).


Descrição da cidade

A cidade de Cristo tinha 12 muros, 12 torres e 12 portas, cercada por quatro rios: o rio de mel, rio de leite, rio de vinho e rio de óleo.
A cidade que Paulo vê é de ouro puro, isto é, a realeza por excelência, a realeza perfeita, também construída com doze muralhas e doze torres, mas essas não estão nomeadas ou determinadas. Apenas que em cada torre há um estádio de um muro ao outro (185m.). Essa distância corresponde à distância entre o Senhor Deus e os homens (Ap 23).
A novidade na cidade de Cristo é que é circundada por quatro rios: um rio de mel, um rio de leite, um rio de vinho e um rio de óleo. Cada rio tem um nome próprio: o rio de mel é o Pison, o rio de leite é o Eufrates, o rio de óleo é o Guion (ou Gyon), riacho ao sul de Jerusalém, onde Salomão foi ungido rei por Natã e Sadoc, por isso rio do óleo
 (1Rs 1,32-40). O rio de vinho é o Tigre.


Quem Paulo encontrou junto a cada rio?

a) O anjo conduziu Paulo junto ao rio de mel (Pison) e lá viu Isaías, Jeremias, Ezequiel, Amós, Miquéias e os profetas maiores e menores. Então o vidente perguntou ao anjo que lugar era aquele, e o anjo retrucou: este é o caminho dos profetas e todos os que renunciaram a própria vontade para fazer a vontade de Deus. E eles saudaram Paulo (Ap 25).
b) Em seguida o anjo conduziu Paulo ao rio do leite e lá encontrou todas as crianças que Herodes matou. E o anjo acrescentou: todos os que guardam a castidade e a pureza, quando saem do corpo são entregues a Miguel para que as conduza até esse lugar e as crianças as saúdem. E elas saudaram Paulo (Ap 26).
c) O nosso vidente foi conduzido pelo anjo à parte norte da cidade (o Tigre corre mais ao norte, junto à Assíria antiga) e lá encontrou Abraão, Isaac, Jacó, Ló e Jó. Ele perguntou ao anjo quem eram eles, e o anjo respondeu que foram aqueles que exerceram a hospitalidade. Eles estavam junto ao rio de vinho. O vinho é o símbolo da festa, da alegria e da hospitalidade (Ap 27).
d) E o quarto lugar foi o rio do óleo, no lado oriental da cidade. Lá havia homens cantando. E o anjo disse ao vidente que esses eram aqueles que se haviam empenhado no louvor ao Senhor e não tinham orgulho neles mesmos (Ap 28).

(Continua no próximo post.)


Nenhum comentário:

Postar um comentário