segunda-feira, 21 de maio de 2012

O Livro de Ester e o Futuro do Oriente Médio - Parte 01


O mundo inteiro está em suspense diante da expectativa de uma iminente guerra entre o Irã e a nação israelita. O que podemos esperar com o desencadear deste conflito? Existe alguma chave, algum meio que nos faça entender o drama que o mundo observa perplexo
sem entender sua origem? Como se explica o profundo contraste na relação entre o Irã e Israel, antes e após a derrocada do Xá do Irã em 1979? Será um assunto apenas religioso?


    Por estranho que possa parecer, as raízes das grandes tensões atualmente entre os governos do Irã e de Israel, remontam a uma época em que o Islamismo nem sonhava de existir. Trata-se de um conflito familiar que se perpetuou ao longo dos séculos e chegou aos nossos dias.
 Felizmente existe uma fonte única  sobre a face da terra que provê todos os elementos necessários para indentificar e entender tal conflito.
    Nem os governantes das nações, nem os experts em geopolítica logram entender o drama do Oriente Médio, e muito menos seu desfecho final. Porque não acreditam na Bíblia, na Palavra de Deus. A Bíblia é a única fonte fidedigna que nos permite entender a origem, o caráter e o destino dos povos.
    Mais uma vez fazemos a mesma pergunta: Como explicar o giro de 180 graus ocorrido no Irã no que se refere as suas relações com Israel, com os Estados Unidose vários países europeus depois da queda do Xá do Irã?
 
Xá Mohammad Reza Pahlevi

O ex-Xá Mohammad Reza Pahlevi considerava-se um herdeiro e sucessor dos antigos reis do império persa. As estatísticas indicam que grande parte da população atual do Irã é de origem persa.
A história e a Bíblia nos ensinam que o povo persa não era inimigo dos judeus. O que a grande maioria ignora completamente é que desde a queda do Xá o poder no Irã caiu nas mãos de uma minoria que não tem origem persa.
 

Quem é essa minoria? Antes de responder a esta pergunta fundamental, analisemos por um momento o que nos diz o registro bíblico sobre a relação entre judeus e persas desde a antiguidade.
    No que constitue uma das profecias mais assombrosas da Bíblia, Deus predisse o surgimento do Império Medo-Persa, muito antes do aparecimento do Império  Babilônico, o qual havia de conquistar os persas mais tarde.
Ora, o mais impressionante é que Deus chamou pelo nome o fundador do Império Medo-persa 150 anos antes do seu nascimento.


(Para aumentar a fonte clique Ctrl +)


Tradução livre.
Fonte: http://www.mundomanana.org/articulos/el-libro-de-ester-y-el-futuro-del-medio-oriente-a109

(Continua na parte 02)

Nenhum comentário:

Postar um comentário