segunda-feira, 14 de março de 2011

TRAGÉDIA NO JAPÃO - JUIZO DE DEUS?



O mundo parou, a terra tremeu. O grande dragão estremeceu, agonizante. Aqueles que tem um coração sensível sentiram a terra tremer sob seus próprios pés. Eles sentiram a dor de cada japonês. De repente tudo foi transmudado em dor e sofrimento e parecia que todo o mundo viria por água abaixo. O Japão tem um plano de emergência contra terremotos. Eu não sei se funcionou desta vez, mas acredito que eles se esforçaram para por em prática e com isso amenizar os efeitos desta tragédia.
Talvez muitas pessoas por um motivo ou por outro, religiosas ou não, crentes ou atéias, neste momento tão triste da história do Japão estejam pensando: este é o juízo de Deus, o poder divino se manifestando para lembrar o mundo de que Ele existe. Corações insensatos, que abrem a boca e falam precocemente do que não sabem, do que não entendem. Elas pensam que sabem alguma coisa, que conhecem a mente divina, ou... sei lá mais o quê.
    A Palavra de Deus não pode ser interpretada de um modo mesquinho e pessoal. As profecias bíblicas a respeito do começo do fim, do apocalipse, não deve ser aplicadas de modo aleatório, impreciso. Não podemos generalizar. Antes que abras tua boca para proferires palavras vãs, sente junto com eles, junta-te a eles para sentires esta dor que é lancinante. Os terremotos acontecem na superfície terrestre de há muito, mesmo quando não existia seres humanos peregrinando pelas suas campinas. Jesus foi cauteloso quando falou sobre os sinais do fim do mundo. Entre os sinais estariam a fome, a peste, terremotos em vários lugares, mas Ele nos adverte que são apenas o começo do fim.

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário