segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Qual Jesus Você Adora? - Parte III


JESUS: NAZIREU OU NAZARENO?


Outras características de Jesus cujo nascimento é celebrado no dia 25 de dezembro, e cuja ressurreição no domingo de Páscoa, é a crença de que ele tinha cabelos compridos. Isto é claramente observado em pinturas, imagens, gravuras.
Muitos, ao lerem superficialmente a Bíblia, confundem o termo "nazareno" aplicado a Jesus Cristo, para que se cumprisse o que foi profetizado (Mt 2:23) com o vocábulo "nazareu" (Nm 6:1-21) que aplicava-se aqueles que, por causa de um voto de consagração, deixavam crescer o cabelo (v.5). Ex: Sansão.
Basta ler o que está prescrito na Lei para os que estavam sob o voto do nazareato, para enternder que era impossível que Jesus fosse nazireu e tivesse o cabelo comprido. Porque Jesus cumpriu com "com todo o prescrito na lei do Senhor" (Lc 2:21-24, 39).
Para os que não são nazireus, a Palavra de Deus ensina que "Não vos ensina a própria natureza que se o homem tiver cabelo comprido, é para ele uma desonra" (1 Co 11:14).
O nazireu, por lei, não podia beber vinho (Nm 6:3). Jesus Cristo, obviamente, bebia vinho. O mesmo Jesus assim o afirmou, destacando o contraste entre Ele e João Batista, o qual era um verdadeiro nazireu de Deus (Lc 1:15), Jesus disse:"Porquanto veio João, o Batista, não comendo pão nem bebendo vinho, e dizeis: Tem demônio; veio o Filho do homem, comendo e bebendo, e dizeis: Eis aí um comilão e bebedor de vinho, amigo de publicanos e pecadores" (Lc 7:33-34).
A Lei proibia ainda que o nazireu se aproximasse de um morto (ver Nm 6:6-9). Jesus Cristo, obviamente, se aproximou de pessoas mortas (ver Lc 7: 11-17; Mc 5:35-43).
Está assim demonstrado pelas Santas Escrituras de Deus, que o Jesus bíblico não era nazireu e portanto não tinha o cabelo crescido. O vocábulo "nazireu", deriva do termo hebráico "nazir" que significa "consagrado", e se aplica aos que por voto se submentem a tudo o que está prescrito em Nm 6:1-21.
O que significa então: "o que foi dito pelos profetas, que haveria de ser chamado nazareno"?
O termo "nazareno" provém do vocábulo hebráico "nétser" que significa "rama", "retorno", "renovo", "rebento". E em sentido figurado "descendente". Neste caso veremos como, a Palavra de Deus que "não pode ser anulada" (Jo 10:35), se aplica literalmente a Jesus Cristo. Em Isaías 11:1 está escrito: “Virá [...] o filho de Jessé, que será como um ramo que brota de um toco (rebento), como um broto que surge das raízes”. ... Os comentaristas concordam em que esta última é uma referência inequívoca ao Messias.
O profeta Jeremias e o profeta Zacarias também se referem inequivocadamente ao Messias vindouro, como o "renovo". Mesmo não usando a palavra hebráica "nétser" como o faz Isaías, empregam um sinônimo hebreu que significa exatamente o mesmo (ver Jr 23:5; 33:15, Zc 3:8; 6:12).

(tradução livre de revista El Mundo de Mañana - espanhol)

Nenhum comentário:

Postar um comentário