terça-feira, 28 de setembro de 2010

Dicas de Pintura e Desenho



Limpeza e conservação da pintura a óleo


Somente após um ano de concluída, uma obra poderá ser envernizada. Para isso, a pintura deverá ser previamente limpa com um pano macio umedecido em essência de terebintina e depois que esta estiver seca, aplica-se uma camada fina de Verniz Cristal diluído em cerca de vinte por cento de essência de terebintina.


Pincéis
Os tipos mais utilizados são os chatos, redondos e ovais chatos. Os feitos com pêlo de porco. Por serem mais duros são ideais para espalhar a tinta em grandes áreas de tela.
Já os de pêlo de marta são indicados para pequenos detalhes.

Tintas

O mercado oferece várias marcas nacionais e importadas de tintas a óleo e acrílica. Normalmente, o nome das cores não muda de uma marca para a outra.

Solventes e secantes

A tinta a óleo é aplicada pura ou diluída em solvente, como óleo de linhaça e o secante de cobalto.
Paleta

Qualquer superfície pode servir como paleta, desde que seja impermeável e uniforme.

Como trasferir o risco para a tela

Se você tem facilidade para desenhar a tela apenas olhando o gráfico, é possível usar o carvão ou a tinta a óleo. Se preferir, transfira o desenho com o auxílio de um carbono. Para isso, copie o desenho em papel vegetal. Coloque o carbono sobre a tela e sobreponha o papel vegetal. É importante transferir o desenho com muita suavidade e sem pressionar a tela.

Mistura de cores

Van Gogh era um dos mestres que costumava mesclar uma cor na outra. Para isso, aproveitava a tinta de fundo ainda úmida e entrava com outras cores. Na pintura em tela, este recurso é muito usado e proporciona efeitos belíssimos. Outra maneira de mesclar as cores enquanto a tinta esta úmida é usando uma espátula. Além da mistura de cores, você consegue criar texturas e alguns pontos de luz. Para isso, basta raspar com cuidado a camada de tinta até alcançar a tela branca.


Tipos de tela

Basicamente o mercado oferece dois tipos de tela: um com a trama fina, como o linho (ideal para trabalhos detalhados e retratos) e outro com a trama mais grossa, como a juta (indicado para pinturas com tinta mais espessa). Além disso, existem telas totalmente brancas e outras levemente amareladas.
Efeitos diferenciados

Para obter suaves efeitos de textura, basta trabalhar com o pincel ou a espátula sobre a tinta a óleo úmida. No caso dos pincéis, cada tipo de pêlo proporciona um efeito. Já a espátula proporciona uma textura mais definida e marcante. Mas lembre-se: trabalhe sempre com pouca tinta na lateral da espátula. Assim, você não corre o risco de manchar ou estragar a pintura com excesso de tinta.





 



Nenhum comentário:

Postar um comentário