domingo, 19 de abril de 2009

Junto de Ti, Senhor







Distante de Ti a Luz é Escuridão,

O Dia torna-se triste como a Morte;

Já não há mais rumo para o Norte.

Aonde via-se Vida há Destruição.



Longe de TI, Senhor, há Maldição.

Torna-se Fraco alguém que era Forte;

Torna-se incerta agora a sua Sorte,

Tomba ferido o amargo Coração.



Junto de Ti, indubitavelmente,

Canta Alegre o Triste que chorava,

Confia em Ti o que d'antes foi descrente;



Já não existe o que sozinho estava;

Junto de Ti um Coração dormente

Outra vez desperto te louvava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário