domingo, 22 de fevereiro de 2009

Sempre que corro longas distâncias, passo por uma ou duas fases em que o meu corpo emite sinais de que vai entrar em colapso. Seu eu acreditasse nesses sinais, diminuiria a velocidade e passaria a caminhar. Ainda bem que essa não foi minha reação quando comecei a correr, pois eu jamais teria adquirido o bom condicionamento físico que hoje me permite explorar terrenos difíceis. Graças à decisão de ignorar o que, à primeira vista, surge como uma limitação natural, superei as resistências e penetrei em novos territórios. Às vezes precisamos ultrapassar limites e fazer o que parece antinatural.


(Extraído de "Aprenda a escutar seu coração", Hugh Prather)

Nenhum comentário:

Postar um comentário